home > Aposentadoria > Aposentado recebe benefício com aumento em fevereiro

há 2 dias por Regina Pitoscia

Aposentado recebe benefício com aumento em fevereiro

Os segurados da Previdência Social que ganham acima de um salário mínimo começam a receber esta semana o benefício referente ao mês de janeiro. Portanto, com um reajuste de 2,07%, que corresponde à variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) em 2017.

Para encontrar o valor do novo benefício, basta multiplicar o que foi recebido em 2017 por 1,0207. Por exemplo, um segurado que tenha tido uma aposentadoria de R$ 2.500,00 no ano terá um aumento de R$ 51,75 e passará a receber R$ 2.551,75 este ano (2.500 X 1,0207).

Uma correção que ficou abaixo dos 2,95% medidos pelo IPCA para a inflação oficial do País.  Usando o mesmo exemplo acima, o benefício reajustado pela inflação oficial seria de R$ 2.573,75, com uma diferença de R$ 22,00 a cada mês ou de R$ 264,00 em um ano.

Reajuste proporcional

Quem se aposentou a partir de fevereiro de 2017 não tem direito aos 2,07% de reajuste, mas sim a um reajuste proporcional. A seguir, vão os coeficientes de correção de acordo com o mês inicial da aposentadoria. Basta multiplicá-lo pelo valor do benefício recebido em 2017 para obter o benefício reajustado, a ser pago agora em fevereiro.

Mês da aposentadoria em 2017                           Coeficiente – multiplique por

Fevereiro                                                                                       1,0164

Março                                                                                             1,0140

Abril                                                                                                1,0107

Maio                                                                                                1,0099

Junho                                                                                              1,0063

Julho                                                                                               1,0093

Agosto                                                                                             1,0076

Setembro                                                                                        1,0079

Outubro                                                                                          1,0081

Novembro                                                                                      1,0044

Dezembro                                                                                       1,0026

Calendário de pagamento

No dia 1 de fevereiro, o benefício será pago aos segurados com finais de inscrição 1 e 6; no dia 2, para os que têm finais 2 e 7; no dia 5, finais 3 e 8; no dia 6, finais 4 e 9 e no dia 7, para os finais 5 e 0.

Benefício pelo piso

O pagamento aos aposentados e pensionistas que recebem um salário mínimo, ou R$ 954,00, começou a ser feito desde quinta-feira da semana passada, dia 25, para os que têm o benefício com final de inscrição 1.

No dia 26, o pagamento foi feito para segurados com inscrição de final 2; no dia 29 será feito para os que têm final 3; no dia 30, final 4; no dia 31, final 5; no dia 1de fevereiro, final 6; no dia 2, final 7; no dia 5, final 8; no dia 6, final 9 e no dia 7, final 0.

Esses segurados que recebem pelo piso de benefícios tiveram um reajuste ainda menor do que os demais. O aumento foi de apenas 1,81%, abaixo do que determina a lei, que fixa a variação do INPC , que ficou em 2,07%. No ano passado, aconteceu a mesma coisa, enquanto a inflação pelo INPC ficou em 6,58%, a correção dos benefícios ficou em 6,48%. Isso permite dizer que nos dois últimos anos, o governo deixou de conceder uma correção de 0,36%.

Reivindicação

O que o segurado e suas entidades representativas não devem perder de vista é que a legislação também determina que eventuais diferenças de um ano para outro sejam pagas no ano seguinte. Quer dizer, para o reajuste de 2019, existe já uma defasagem de 0,36% a ser somada à variação da inflação que vier a ser registrada em 2018 pelo INPC. Essa perda deve ser constantemente cobrada das autoridades para que, novamente, não caia no esquecimento.

Pode parecer pouca coisa, mas não é para quem ganha menos e é obrigado a sobreviver com um salário mínimo. Se essa correção devida de 0,36% fosse considerada, o salário mínimo teria de ter passado para R$ 957,40. Isso representa uma diferença de R$ 3,40 a cada mês ou de R$ 40,80 em um ano.

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Aposentadoria

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: