home > Contas > Confira como fica seu bolso neste mês

há 2 dias por Regina Pitoscia

Confira como fica seu bolso neste mês


Contratos residenciais com vencimento em dezembro de cada ano terão uma redução de 0,86% no valor do aluguel. Na prática, basta multiplicar o que vem sendo pago por 0,9914, o resultado corresponde ao novo aluguel.

Embora o IGP-M, um indexador apurado pela Fundação Getúlio Vargas e usado na grande maioria dos contratos, tenha registrado uma elevação de 0,52% no mês de novembro, em 12 meses a variação é negativa de 0,86%.

O mercado vem se ajustando a essa situação inusitada de correção negativa com redução no valor do aluguel. O inquilino que pretende ficar morando no imóvel por um bom tempo pode aceitar a manter o valor que vem pago, sem a diminuição. Já o proprietário que está satisfeito com o seu inquilino pode ceder aceitando um valor mais baixo.

A questão é que a diferença é muito pequena para azedar a relação entre as duas partes. Em um aluguel de R$ 2 mil, por exemplo, com a aplicação do coeficiente de 0,9914, levaria o valor para R$ 1.982,80, portanto com uma diferença de R$ 17,20.

A perspectiva é de que a correção do aluguel volte a ser positiva nos próximos meses.

Rendimento da caderneta

Na quarta-feira, dia 6, o Comitê de Política Monetária decide o novo patamar da taxa básica de juro: a expectativa é de que dos atuais 7,5% ao anoma taxa caia para 7,0%. Um dado importante para acompanhar o rendimento da caderneta que agora equivale a 70% da taxa Selic.

Assim, o que se pode dizer é o que rentabilidade da caderneta até esta quarta permanece em 0,4273% ao mês ou 5,25% ao ano. A partir do dia 7, se a Selic cair para 7%, a caderneta vai pagar 0,3994% ao mês ou 4,90% ao ano. Esse rendimento começa a ser creditado a partir do dia 7 de janeiro, de acordo com a data de aniversário da conta.

Se os juros permanecerem em queda, o aplicador terá de se acostumar ao novo contexto de retorno das aplicações em renda fixa, porque todas elas serão afetadas. O rendimento vai encolher cada vez mais. Pode conseguir um rendimento um pouco mais gordo quem puder deixar o dinheiro aplicado por mais tempo ou encontrar papeis de bancos médios, CDBs, que costumam oferecer taxas mais elevadas para atrair o investidor.

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Contas

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: