home > Viagens > Dicas para quem quer economizar para viajar

há 2 dias por Regina Pitoscia

Dicas para quem quer economizar para viajar

Não deixa de ser estimulante iniciar o ano planejando uma boa viagem para aproveitar as merecidas férias. Escolher o local, pesquisar preços de passagens e hotéis, pacotes, melhores épocas para visitar o local, os principais passeios, as melhores atrações… Tudo permite uma experiência  agradável antes mesmo de concretizar e pôr em prática o plano.

E não chega a ser um dos objetivos mais complicados para alcançar, em espaços relativamente curtos de tempo. O fundamental é fixar as metas, se organizar para economizar e ter disciplina de modo a chegar lá.

Saber para onde quer ir pode ajudar muito no sentido de identificar o total de gastos e saber em quanto tempo será possível obter o valor desejado, quais os cortes a ser promovidos no orçamento ou quais as possibilidades de aumento de renda.

A locadora “Carro Aluguel” preparou uma série bem prática e objetiva para ajudar quem tem interesse em guardar dinheiro para viajar. Tanto para os que passam um tempão planejando viagens em seus mínimos detalhes, onde comer, o que conhecer, mas que não conseguem tirar seus planos do papel, como para os que vão começar nessa empreitada.

A dica inicial é priorizar o plano com viagens. Todo e qualquer esforço deve estar voltado para essas despesas. A partir daí, deve se adotar uma postura de controle total dos gastos. Para isso, comece evitando compras desnecessárias, esse é um dos fatores primordiais para economizar. Coloque tudo na ponta do lápis, use uma planilha ou um caderno para auxiliar esse controle.

Ainda dentro da lista de corte de gastos diários, deixe de comer fora de casa. Vale a pena aprender a cozinhar. Para isso, visite blogs e assista a vídeos. Eles ensinam pratos variados e fáceis de preparar. Assim você se diverte e ainda pode economizar bem.

E se a decisão for sair, preste atenção aos gastos com bebidas alcoólicas. Quem costuma sair sabe bem que o valor das bebidas em bares e restaurantes é alto. Se abrir mão de beber nessas ocasiões, você irá economizar muito. Isso porque boa parte dos gastos nas saídas noturnas é destinado a bebidas.

Nesses tempos em que o consumo consciente é cada vez mais valorizado, procure viver com o mínimo possível, como se estivesse em uma viagem bem descolada, do tipo um mochilão. E nada de entrar em dívidas para comprar algo, convém juntar dinheiro e fazer compras à vista. É possível desapegar e a economia se tornará hábito.

Além da corte de despesas, o plano deve prever o aumento da renda. Se a ideia for essa, um serviço extra é essencial. Vale atender em restaurante, em balcão de loja ou, se tiver alguma habilidade específica, trabalho free-lancer é a solução.

Outra forma de fazer dinheiro é vendendo objetos que estão encostados em casa. Existem plataformas online que podem ajudar você a vender o que já não precisa mais, além de liberar espaço em sua casa, você vai levantar um dinheiro extra.

São iniciativas simples, ao alcance de qualquer um, que podem ser incrementadas com o hábito de reservar, religiosamente, uma parte do seu salário todo mês. Já pensou em guardar, por exemplo, 10% do que ganha? Faça as contas, ao fim de um ano ou dois, você terá uma reserva bem gordinha. Tenha isso como uma regra, porque assim será possível cair na estrada mais vezes.

E sempre que houver mais dinheiro em caixa não deixe de aplicá-lo para aumentar o pé-de-meia. Nesse caso, o mais indicado é optar por aplicações de renda fixa, em que o ganho não chega a ser o mais interessante, mas também não expõe esses recursos ao risco de perdas. Pode ser a caderneta de poupança, títulos e fundos de renda fixa. Isso também vai ajudar a engordar essa poupança.

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Viagens

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: