home > Fundo de Garantia > Fundo de Garantia distribui lucros aos participantes este mês

há 2 dias por Regina Pitoscia

Fundo de Garantia distribui lucros aos participantes este mês

Os trabalhadores com carteira assinada e direito ao Fundo de Garantia receberão um dinheiro extra, a ser depositado em sua conta vinculada até o dia 31 de agosto. Trata-se da distribuição dos lucros obtidos com a aplicação dos recursos do Fundo feita em 2017, que totalizaram R$ 12,46 bilhões. Por lei, metade disso, ou R$ 6,23 bilhões, deve ser repartida entre os 90,7 milhões de participantes do Fundo.

O rendimento extra será equivalente a 1,72% calculados sobre o saldo existente na conta no dia 31 de dezembro de 2017. Basta verificar quanto tinha na conta nessa data e multiplicar o saldo por 0,0172, o resultado será equivalente a esse rendimento. Quem tinha, por exemplo R$ 1 mil receberá R$ 17,20; quem tinha R$ 5 mil, R$ 86,00; quem tinha R$ 10 mil, R$ 172,00; quem tinha R$ 20 mil, R$ 344,00, e assim por diante.

O optante que estava em condições de retirar o dinheiro, porque saiu do emprego por demissão sem justa causa, ou se aposentou, ou por motivo de doença grave (principais condições de saque) e resgatou o dinheiro antes dessa data, não receberá a parcela correspondente à divisão dos lucros. Já o optante que aguardou para retirar os recursos a partir de janeiro de 2018 poderá agora sacar esse ganho extra, que será depositado em sua conta.

Como conferir

Para saber de quanto foi o crédito em sua conta, o participante pode conferir o seu extrato a partir do dia 31 de agosto no site www.caixa.gov.br/extrato-fgts. Ali, é preciso informar o Número de Identificação Social (NIS) e clicar em “cadastrar senha”. Após ler o regulamento, clicar em “aceito”. Depois é preciso preencher todos os campos com os dados pessoais, inclusive o número do Título de Eleitor. Em seguida, deve-se criar uma senha com até 8 dígitos e confirmar. Após essa etapa, será enviada uma notificação de cadastro realizado e, para acessar, será necessário preencher os campos solicitados e apertar em OK. Aí já é possível consultar o extrato do FGTS.

Atualização do saldo

O dinheiro do FGTS é atualizado a cada mês. Em tese, a correção é composta pela variação da TR (que está próxima a zero) mais juros de 3% ao ano, ou 0,25% ao mês. Com a distribuição dos lucros de 1,72%, o rendimento total do saldo do Fundo em 2017 ficou em 5,59%. Porcentual superior à inflação oficial, medida pelo IPCA, que ficou em 2,95%.

Ainda que essa distribuição dos lucros esteja ocorrendo pelo segundo ano e tenha havido esse ganho real em 2017, o patrimônio do trabalhador no Fundo não é bem preservado. Por isso, o trabalhador que tiver condições de resgatar o saldo não deve pensar duas vezes em fazê-lo para dar uma destinação mais rentável a esse dinheiro. Lembrando que o FGTS pode ser usado como entrada, para pagamento das prestações, ou amortização da dívida nos financiamentos para a compra da casa própria pelo Sistema Financeiro da Habitação.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Fundo de Garantia

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: