home > Aposentadoria > INSS oferece novos serviços pela internet aos segurados

há 2 dias por Regina Pitoscia

INSS oferece novos serviços pela internet aos segurados

A partir de 16 de julho o segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderá obter o extrato previdenciário, conhecido também como CNIS (extrato de vínculos e contribuições à Previdência) por meio da internet, no site do INSS (Meu INSS).

A adoção do novo sistema para consultas ao extrato previdenciário, acredita o INSS, vai melhorar o fluxo de atendimento nas agências. Fica mantida também a opção de pedido por agendamento pelo telefone 135 para a obtenção do extrato em uma agência de atendimento do INSS.

O acesso ao extrato previdenciário e a outras certidões, já fornecidas por meio da internet,  visa a agilizar o fluxo nas agências cujo resultado, segundo o INSS, será a redução do tempo de espera dos segurados que procuram uma agência previdenciária para pedir um benefício.

Os pedidos de certidões, como o extrato CNIS, é um dos serviços mais demandados pelos trabalhadores. Pelos dados do último balanço anual,  de 2016, as agências do INSS prestaram mais de 12 milhões de atendimentos a pedidos de certidões, o dobro do de concessão de benefícios, que somaram cerca de 6 milhões.

Outros serviços que passarão a ser atendidos apenas mediante agendamento são consultas ao Histórico de Crédito de Benefício, Carta de Concessão, Extrato de Empréstimo Consignado, Extrato de Imposto de Renda e Consulta Declaração de Benefício – Consta / Nada Consta. Todos estes serviços são acessíveis também pelo Meu INSS (site e aplicativo para celulares).

A mudança está prevista na Instrução Normativa nº 96, segundo a qual o Meu INSS passa a ser o principal canal para emissão de extratos e solicitação de serviços do INSS. Quem não conseguir emitir o extrato por este canal tem a opção de agendar o atendimento em uma agência.

Algumas instituições bancárias, como o Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, também colocam à disposição dos trabalhadores a consulta direta ao extrato previdenciário.

Meu INSS

Para fazer o cadastro no Meu INSS, convém que o trabalhador tenha em mãos documentos e Carteira de Trabalho. A conferência de dados do usuário poderá exigir respostas a perguntas como datas de recebimento de benefícios ou de recolhimento de contribuições, nomes de empresas onde trabalhou e valores recebidos.

Se houver resposta errada a mais de uma pergunta, o segurado terá de aguardar 24 horas para tentar novamente ou ligar para o 135 ou, em último caso, ir à agência do INSS. O cadastro pode ser feito inteiramente pela internet. A senha do Meu INSS é pessoal e intransferível.

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Aposentadoria

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: