home > Projeções Boletim Focus > Mercado eleva inflação projetada para 2017

há 2 dias por Regina Pitoscia

Mercado eleva inflação projetada para 2017

 

Analistas e economistas do mercado financeiro revisaram para cima a expectativa de inflação para este ano, após sete semanas seguidas de queda nas estimativas. A nova projeção para o IPCA, de 3,29% para 3,33%, está no boletim Focus divulgado pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira. A revisão se deve ao aumento de PIS-Pasep sobre os combustíveis, na última quinta-feira, que encareceu os preços de gasolina, óleo diesel e etanol. E, com ele, o custo em cadeia de uma série de produtos e serviços, como o de alimentos e transportes, principalmente.

A expectativa do mercado é que o impacto da alta dos preços de combustíveis sobre a inflação seja diluído em dois meses. Uma parte, menor, repassada ainda este mês e a outra em agosto. Ainda assim, dados do relatório Focus apontam que o IPCA deste mês pode ficar menor que o previsto no relatório da semana anterior. A inflação projetada para agosto subiu de 0,23% para 0,25% e em 12 meses, de 4,37% para 4,40%.

A elevação da estimativa de IPCA não alterou, contudo, a projeção da taxa básica de juros, Selic, que permanece em 8% ao ano para o fim de 2017. Essa estabilidade indica que o mercado trabalha com a expectativa de que o BC mantenha o ritmo de redução da Selic, por considerar a pressão do combustível mais caro sobre a inflação momentânea e circunstancial.

Nesse andar da carruagem de expectativas, a aposta de analistas e economistas do mercado é que o juro básico passe por mais uma redução de um ponto porcentual, de 10,25% ao ano para 9,25%, nesta semana, no fim da reunião de dois dias do Copom (Comitê de Política Monetária), que começa na terça-feira, dia 25, e termina na quarta.

Veja o que mudou nas projeções do boletim Focus de 24 de julho de 2017:

Inflação para 2017: sobe de 3,29% para 3,33%

Inflação para 2018: segue 4,20%

Inflação de julho: cai de 0,17% para 0,15%

Inflação de agosto: sobe de 0,23% para 0,25%

Inflação em 12 meses: sobe de 4,37% para 4,40%

Selic para o fim de 2017: segue 8,00%

Selic para o fim de 2018: segue 8,00%

Alta do PIB em 2017: segue 0,34%

Alta do PIB em 2018: segue 2%

Dólar para o fim de 2017: segue R$ 3,30%

Dólar para o fim de 2018: recua de R$ 3,45 para R$ 3,43

 

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Projeções Boletim Focus

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: