home > Radar da semana > Qual o rumo da Selic?

há 2 dias por Regina Pitoscia

Qual o rumo da Selic?

A semana promete ser reveladora em dados que podem servir de bússola sobre a possível trajetória de inflação, juros e demais indicadores econômicos em 2017, que está apenas começando.

O Banco Central (BC) divulga nesta segunda-feira o boletim Focus, com as expectativas de analistas e economistas de mais de cem bancos e empresas de consultoria para indicadores como inflação, juros, dólar, desempenho da economia, dentre outros, para este e o próximo ano.

Na terça-feira, o BC divulga a ata da última reunião em que o Copom (Comitê de Política Monetária) surpreendeu o mercado financeiro ao reduzir a taxa básica de juro, Selic, mais que o previsto, de 13,75% para 13,00% ao ano. Um corte de 0,75 ponto porcentual, de uma só tacada, quando a previsão geral era de redução de 0,50 ponto porcentual.

Um dos motivos apontados para essa ousadia do Copom foi a desaceleração da inflação no fim de 2016, reforçando a expectativa de que o IPCA caminhe na direção do centro da meta de 4,50% em 2017.

Analistas e economistas esperam ver na ata os motivos que levaram o Copom a promover corte maior que o previsto e possíveis pistas sobre as futuras decisões sobre a Selic. A ousadia do BC no último encontro, dia 11,  anima apostas sobre a continuidade de cortes mais agressivos dos juros.

Uma sinalização nessa direção pode ser dada também pela prévia de inflação de janeiro, o IPCA-15, que será anunciado pelo IBGE na quinta-feira. A expectativa é que fique em torno de 0,45%. Esse índice é visto como prévia da inflação oficial, o IPCA, que será divulgado em fevereiro.

Contribuição para o INSS

Profissionais liberais, autônomos e segurados facultativos (dona de casa, estudante e desempregado) devem recolher até esta segunda-feira, dia 16, a contribuição de dezembro ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Quem fizer o recolhimento depois dessa data pagará multa de 0,33% por dia, até o limite de 20%.

Microempreendedor recolhe até o dia 20

O profissional autônomo inscrito como microempreendedor individual precisa pagar a contribuição de dezembro ao INSS até sexta-feira, dia 20.

Quem atua no ramo industrial ou comercial paga R$ 45. Se a atividade estiver relacionada ao setor de prestação de serviços, o valor do recolhimento é R$ 49. Quem trabalha com atividade mista recolhe R$ 50. O profissional que quitar a contribuição com atraso pagará multa de 0,33% por dia e valor atualizado pela Selic.

 

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Radar da semana

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: