home > Radar da semana > Feriado em SP esvazia agenda econômica

há 2 dias por Regina Pitoscia

Feriado em SP esvazia agenda econômica

A semana, que já tem o feriado do aniversário da cidade de São Paulo incrustado na quarta-feira, chega fraca também em dados econômicos que podem afetar mais de perto o bolso das pessoas.

Os que mais se aproximam dessa categoria nesta semana, praticamente a última de janeiro, são os indicadores do boletim Focus, que o Banco Central divulga nesta segunda-feira.

Este relatório semanal funciona como um termômetro das expectativas de analistas e economistas do mercado financeiro sobre inflação, juros, dólar, desempenho da economia, dentre outros indicadores.

A tendência de inflação e juros permanece no centro das atenções. Projeções que apontam que o IPCA caminha na direção da meta inflacionária de 4,50% já neste ano animam a torcida para que o Banco Central promova cortes mais ousados na taxa básica de juros, Selic.

Inflação e juros em queda formam o eixo central do único instrumento que o governo tem em mão no momento, enquanto as reformas econômicas mais importantes não deslancham, para tentar reanimar e colocar a economia na trilha do crescimento.

Olhar para fora

A atenção nesta semana estará voltada também às sinalizações econômicas do novo presidente americano, Donald Trump, que dará largada a seu governo nesta semana, após a posse na sexta-feira. São esperadas medidas que devem influenciar a inflação e os juros americanos, com repercussões em outros países, incluído o Brasil.

A expectativa é por decisões que tenderiam a pressionar a inflação e acelerar o ritmo de elevação dos juros americanos. Uma perspectiva que viria na contramão da política adotada por aqui, já que uma possível valorização do dólar teria efeitos nocivos sobre a inflação e poderia desencorajar o ritmo mais forte de corte dos juros.

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Radar da semana

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: