home > Financiamento > Tome cuidado com os empréstimos pela internet

há 2 dias por Regina Pitoscia

Tome cuidado com os empréstimos pela internet

A internet tem se mostrado uma boa aliada nas mais diferentes atividades financeiras, seja para encontrar os preços mais baixos para comprar algo, em que locais esses produtos são oferecidos, onde estão as melhores condições de compra e assim por diante.

Até mesmo para identificar as melhores condições para emprestar dinheiro, a web pode ser bem útil. Mas nesse caso, é precisa ficar bem alerta para evitar golpes e armadilhas, como esclarece o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

Esse tipo de empréstimo online têm atraído cada vez mais consumidores porque, como possuem uma estrutura mais enxuta e custos mais baixos essas empresas menores têm condições de oferecer juros mais baixos.

As empresas que concedem os empréstimos pela internet também necessitam de autorização do Banco Central, e ter vínculo com uma instituição financeira. O cliente tem de passar por uma análise de crédito que vai definir se tem condições de assumir um financiamento e cumprir esse compromisso. Para isso, será necessário preencher um formulário online com informações pessoais, como endereço, CPF, valor desejado etc.

Para formalizar o contrato é fundamental ler com atenção as condições pactuadas. Se isso não for informado, o candidato ao empréstimo precisa solicitá-lo previamente e verificar se o contrato apresenta com clareza o detalhamento da operação de crédito, chamado de Custo Efetivo Total (CET). São detalhes que seguem as mesmas regras de bancos tradicionais, sujeitas ao cumprimento do Código de Defesa do Consumidor (CDC) e regulação do Banco Central.

Golpes 

O golpe mais comum é exigir que o consumidor além de fornecer seus dados faça um depósito antecipado antes de liberar o dinheiro do empréstimo, principalmente para quem tem o nome negativado na praça. Se a empresa solicitar depósitos antecipados para avaliação de cadastro ou para outra finalidade, desconfie. Fraudadores costumam pedir depósitos para “conduzir a negociação’’. Depois que o crédito é efetuado, desaparecem.

Outro risco é também estar pedindo um empréstimo online para um site falso, com o domínio duplicado de outra empresa. Para evitar problemas, sempre verifique se a navegação do site é segura por meio do ícone em forma de cadeado, que aparece no endereço do site, recomenda o Idec.

O que fazer

Certificar-se sobre a idoneidade da empresa é o primeiro passo para evitar cair em golpes, conferindo se a instituição que está oferecendo crédito pela internet é real e confiável.

O consumidor também pode consultar se a empresa possui registro no Banco Central, responsável por regular, fiscalizar e dar orientações para empresas atuarem no setor.

Outra forma de se proteger antes de fechar negócio é verificar se ela não está entre as mais reclamadas no Procon, por exemplo, e como está a avaliação da empresa que pretende tomar empréstimo pelo consumidor.gov.br. As redes sociais também podem ser aliadas nessa investigação sobre a empresa.

 

 

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Financiamento

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: