home > Crédito > Use o cartão de crédito de forma consciente

há 2 dias por Regina Pitoscia

Use o cartão de crédito de forma consciente

Agora, toda vez que você ficar com uma dívida no rotativo do cartão de crédito por 30 dias, ou você liquida o saldo devedor total ou refinancia dentro de outra linha de crédito a ser oferecida pelo banco que administra o cartão. Essa nova regra está valendo para despesas realizadas desde o dia 1º e pagas nas faturas com vencimento a partir do início de maio.

Pelo site do Banco Central é possível verificar que os juros do rotativo seguem nas alturas e mesmo por 30 dias precisam ser evitados. Entre os dia 20 e 27 de abril, o Bradesco cobrava nada menos do que 19,3% ao mês ou 727% ao ano; o Santander, 17,9% ao mês, ou 621% ao ano. O Itaú ficou na média, em 15,2% ao mês ou 448% ao ano. As taxas caíram de fato no Banco do Brasil, 11,8% ao mês ou 283% ao ano e na Caixa, 10,1% ao mês ou 218% ao ano.

Vale dizer que esses bancos atualmente estão oferecendo juros ligeiramente abaixo de 10% ao mês no momento de renegociação da dívida. Os juros podem até ter caído, mas na renegociação procure não espichar muito o prazo de pagamento, eles chegam a 24 meses. Quanto maior o prazo, maior o número de parcelas, mais alto o valor devido ao banco. Enquanto coloca esse tipo de compromisso em dia, administre com mãos de ferro as suas finanças para escapar das taxas que tornam as dívidas  ‘impagáveis’.

Sem noção dos gastos

De longe, a melhor opção para o uso do cartão continua sendo a do pagamento integral da fatura na data do vencimento, sem recorrer ao rotativo. A propósito, o Serviço de Proteção ao Crédito, SPC-Brasil e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas divulgaram uma pesquisa mostrando que muitos consumidores se perdem na administração de suas contas com o dinheiro de plástico.  Nada menos do que 42% dos consumidores que usaram o cartão de crédito no mês de março passado não sabiam o total das despesas.

De um modo geral, embora sem ter ideia mais precisa dos gastos, 20% dos entrevistados afirmaram ter reduzido as despesas de fevereiro para março. Outro aspecto interessante, o cartão vem sendo mais usado para aquisição de produtos de primeira necessidade. Na primeira posição aparecem os alimentos com 62%, seguidos pelos remédios com 49%. Em terceiro vieram as roupas com 32% e em quarto, combustível, em 4º lugar, sugerindo um consumo mais consciente com o cartão. Para reforçar essa tese, o mesmo estudo mostrou que 62% dos consumidores planejam cortar seus gastos agora no mês de maio.

Orientação do gerente

A Febraban, Federação Brasileira de Bancos e a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) lançaram em conjunto uma campanha sobre o uso consciente o cartão de crédito.

Pela ação, os gerentes de atendimento bancário vão orientar seus clientes, explicando o funcionamento das tarifas, taxas e encargos dessa modalidade de pagamento, bem como o crédito rotativo, pagamento mínimo e parcelamento da fatura.

E para que toda a população tenha acesso, as informações estão disponíveis no site estejam disponíveis http://abecs.org.br/semanaenef.

Compartilhe:

0 Comentário

Comentar como anônimo

Mais lidos em #Crédito

Relacionados

Relacionados

Outras categorias:

Assim você busca por assunto,
aquilo que mais interessa.

E aqui a gente separou o que é mais acessado:

Mas se quiser receber nossos artigos
por e-mail, cadastre-se: